Alguns de nossos principais sonhos pedem um investimento alto. É aquele carro zero, a casa para a família, uma viagem de férias ao exterior, entre tantos outros exemplos. Nem todo mundo segue com seus objetivos para realizar tais vontades por achar que é impossível ter tanto dinheiro para tal. E se falássemos para você que dá para ter o carro, a casa, a viagem dos seus sonhos sem precisar ganhar milhares de reais mensalmente? Sim! É possível realizar seu sonho através de um Consórcio!

Os Consórcios vieram como um grande facilitador para todos. Aqui no Brasil chegou através de um grupo de amigos em 1962, quando não havia tanto crédito no mercado e ter um automóvel custava, em sua maioria, caro para a população. A ideia era dividir o valor de um automóvel pela quantidade de pessoas do grupo e, mensalmente, cada um pagava o equivalente a essa parcela. Sendo assim, a cada mês um associado era sorteado e um carro era comprado.

carro-consorcio-chave

Posteriormente, os consórcios chegaram como facilitadores para quem queria ter uma casa, mas não tinha como financiá-la. A ideia era a mesma, onde pessoas pagavam uma parcela mensal e programada de tal bem, dividindo-o também com outros associados. Esse modelo se popularizou e, hoje, praticamente tudo passou a ser vendido através desta sociedade de crédito comum: casas, apartamentos, automóveis, caminhões, motos e até serviços.

Você provavelmente já deve ter uma ideia do que são consórcios e, até mesmo, já sabe o que deseja financiar com esse tipo de investimento. O que pouca gente sabe é que, antes de escolher o melhor plano e a melhor empresa para assinar um contrato, alguns pontos precisam ser levados em conta. Aqui, mostraremos os principais e como você pode acertar na escolha do melhor consórcio sem ter dores de cabeça e sem ser um especialista no assunto. Veja.

Confiabilidade da Administradora do Consórcio

Apesar de ter surgido em 1962, foi apenas em 1991 que houve regulamentação de tal atividade. A Lei nº 8.177/91, fiscalizada pelo Banco Central do Brasil, libera empresas a prestarem esse tipo de serviço. Posteriormente, em 2008, a Lei nº 11.795/08 veio para acertar todas as questões falhas e para impor todas as regras de funcionamento do sistema de consórcio no Brasil.

Sabendo disso, o primeiro passo sempre será buscar uma administradora autorizada pelo Banco Central, pois do contrário não haverá legalidade na atividade. Há duas formas de se obter essa informação. A primeira é através da lista do Banco Central que você encontra no site oficial da instituição e a segunda maneira é por meio da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcio, a ABAC.

Se a empresa que vende o plano de consórcio está legal nesses órgãos, já é um grande passo para começar a analisar os planos disponíveis para você. Agora você precisa apenas fazer aquela pesquisa comum sobre pontos positivos e negativos da empresa, que podem ser obtidos através de uma consulta rápida na internet e também pelas redes sociais da empresa.

Se estiver tudo certo, basta seguir para a escolha do melhor plano e serviço.

Grupos Consorciados

Quando adquirir uma cota, você poderá escolher entrar em um grupo de consorciados desde o início ou um grupo de consorciados que está em andamento. Se você escolher o grupo em andamento, o prazo para pagamento das parcelas é mais curto, elas são de maior valor e o tempo de sua espera para ser contemplado também se torna mais curto. Se for o segundo grupo, o tempo para pagamento é maior e as parcelas serão menores para o seu bolso, porém, geralmente, você terá que aguardar mais para receber o seu bem se você não for sorteado antes.

Não esqueça que você precisa ter uma garantia de que conseguirá cobrir todas as parcelas antes de se comprometer, pois do contrário, perderá completamente o benefício!

Conhecendo as formas de Contemplação do Consórcio

Geralmente você pode ser contemplado de duas formas através das administradoras de consórcio:

1) Através de Lance Dado

A cada mês você tem a chance de dar um lance equivalente à quantidade total ou parcial de parcelas que faltam para pagamento e ser contemplado com o produto ou serviço que contratou. Isso é comum entre aquelas pessoas que começam a pagar um consórcio e recebem um dinheiro inesperado e desejam, portanto, quitar o serviço.

Dependendo da administradora, você pode ou não dar lances todo mês e ser contemplado imediatamente. O que acontece na maioria dos casos é, que o consorciado dá o lance de suas parcelas e entra na lista de sorteio, mas sem a garantia de que o nome sairá naquele exato mês.

lance

2) Sorteio Mensal

Um dos principais benefícios do consórcio é poder, a cada novo mês, ganhar o produto desejado, sem a necessidade de esperar todo o tempo do contrato. Os sorteios funcionam exatamente de forma oposta aos lances. Aqui, a empresa primeiro sorteia o nome de um consorciado e este, se estiver completamente em dia com suas parcelas, é contemplado com o produto ou serviço contratado, através de um crédito, equivalente às parcelas restantes.

Duração do Consórcio

Os consórcios funcionam como um tipo de parcelamento de produto. A diferença é que você primeiro paga para depois receber o que comprou. A duração dos contratos variam muito, mas geralmente dividem-se em:

  • Para carros: 75 meses;
  • Para casas: 180 meses;
  • Para caminhões: 100 meses;
  • Para motos: 75 meses;
  • Para serviços diversos: 48 meses.

Essa duração pode ser para mais ou para menos, levando em conta o perfil do consorciado, a administradora e adicionais do contrato.

Cálculo das Parcelas

Os cálculos das parcelas são muitos simples. É dividido o valor total do bem pelo número de cotas que serão pagas por mês, sendo o resultado dessa divisão correspondente ao fundo da poupança comum a qual todos os consorciados fazem parte e devem contribuir mensalmente.

Será incluso nesse cálculo um percentual referente ao fundo de reserva mais uma taxa de administração que é paga à instituição financeira responsável pela realização do consórcio. Lembrando que os valores de fundo de reserva e da taxa de administração podem variar de uma instituição a outra, por isso a dica é: pesquise bastante e compare os preços.

Como usar a sua Carta de Crédito

Quando você, ou qualquer membro do seu grupo de consorciados, for contemplado, recebe prontamente uma Carta de Crédito com a qual poderá comprar o bem desejado, respeitando sempre as regras ditadas no contrato. O consorciado deverá entrar em contato com a sua instituição responsável sobre a forma de opção de compra, identificando sempre o bem que será comprado, localidade, vendedor e entre outras exigências descritas no contrato.

Mesmo com a contemplatação, você deverá garantir que continuará pagando as parcelas restantes do consórcio até o seu fim.

consorcio

Vantagens do Consórcio

Vamos listar abaixo as 3 maiores vantagens de se optar pelo consórcio:

  1. Menos burocracia: se você não tem como comprovar uma renda mensal através de um holerite e não consegue atender aos critérios de um financiamento bancário convencional, o consórcio pode lhe apresentar várias alternativas menos burocráticas e que cabem no seu bolso;
  2. Menor custo: nos consórcios não são cobrados juros, basta ficar atento aos pagamentos de taxas de administração, fundo de reserva e seguros. Sem contar que as prestações são bem menores e cabem no seu orçamento;
  3. Poupança obrigatória: muitos enxergam no consórcio uma forma de fazer uma poupança ‘forçada’ para realizar seus sonhos, pois de outra forma não guardariam recursos. O resultado final mostrará que valeu a pena: seu sonho realizado!

E então? O que acha de fazer uma cotação online hoje e ver o melhor plano de consórcio para seu novo carro, para aquela casa que tanto sonhou ou até mesmo para pagar aquele curso universitário que anda trancado há alguns meses? Temos sempre a melhor oferta para nossos clientes!

banner-futuro

Ainda não sabe como investir em consórcios? Peça já nossa consultoria gratuita que ajudaremos a resolver essa questão!