Os consórcios têm sido, há alguns anos, a saída mais eficiente para pessoas que desejam ter seus carros, casas e outras propriedades ou serviços. A economia do nosso país não permite, infelizmente, que todos ainda tenham um acesso mais direto à financiamentos ou quitações à vista, fazendo com que milhares de brasileiros recorram à atividade de administradoras e contratem um plano para tal investimento.

Em outro post conversamos sobre como acertar na escolha do seu consórcio, mas ainda há muito para ser entendido. Antes de escolher o melhor plano e apostar em qualquer administradora, você precisa entender como surgiram de fato os consórcios, como eles funcionam e quais as vantagens desse serviço como facilitador para propriedades e serviços adquiridos em parcelas. Tem interesse em investir em um plano e ainda não sabe por onde começar? A gente te orienta. Confira.

História do Consórcio

O serviço mais similar aos consórcios que se tem conhecimento em outros países é o de compra de títulos, comum em grandes empresas de ações. O serviço de financiamento através de grupos, nasceu de fato em nosso país, na década de 60. Funcionários de um banco reuniram-se em um grupo para financiar a compra de automóveis.

Como individualmente eles não possuíam crédito no mercado para adquirir tal bem, cada um pagava um valor, que multiplicado pelo número de pessoas do grupo dava exatamente o custo do automóvel. Resultado, todos os meses um funcionário era beneficiado e esse era escolhido através de um sorteio.

banner-futuro

Claro que os primeiros anos do serviço ainda eram repletos de restrições, inclusive legalmente, mas foi com a criação da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios, a ABAC, que o consórcio se tornou atividade comum. Foi também nessa época que a ideia ultrapassou a fronteira brasileira, chegando ao Uruguai, México, Peru, Venezuela, Argentina e Paraguai.

Por muitos anos os consórcios se restringiam ao financiamento coletivo de automóveis. Atualmente, você consegue adquirir planos que vão desde esses bens até cursos universitários. É a forma mais eficiente e segura de se realizar um sonho e sem sentir tanto no orçamento.

Como Funcionam os Consórcios

Entendido como eles surgiram e também os primeiros passos dos consórcios, saber como eles funcionam ajuda na decisão sobre qual o melhor plano para realizar o seu objetivo. Primeiro a administradora lança o produto, que pode ser um carro, uma casa, uma cota para pacotes de viagem, financiamento de curso, entre outros serviços e produtos. A partir daí, pessoas com o mesmo interesse adquirem cotas que lhe permitem entrar nesse grupo com uma quantidade mínima de integrantes.

Todos os meses, cada um dos participantes do grupo paga um valor referente à sua cota e o produto do consórcio é sorteado. Dependendo a empresa, mais de um participante pode ser contemplado por mês, o que aumenta bastante as chances de você ter o seu sonho realizado mais rapidamente. O sorteado ganha, portanto, uma carta de crédito que lhe permite comprar o seu produto. Além da carta de créditos, as administradoras em sua maioria também permitem que lances sejam dados, facilitando aos que querem antecipar as parcelas e ter o seu produto antes do final do contrato.

Os contemplados levam o produto, mas não deixam de pagar mensalmente as parcelas do consórcio. Esse só acaba quando todos daquele grupo são sorteados e o grupo então é fechado. O não pagamento ou atraso por muitos meses das parcelas do seu consórcio levarão a administradora a entrar com um processo para exclusão do participante do grupo e restituição do produto sorteado. Em caso de consórcio para serviço, este é suspenso.

Principais Vantagens dos Consórcios

Além de possibilitar a realização de um sonho, os consórcios apresentam outras vantagens para quem o adquire. Listamos algumas:

Não há burocracia no serviço

Praticamente todas as pessoas conseguem entrar em um plano de consórcio. Aqueles que não têm como comprovar renda, as administradoras buscam outros recursos para obtenção do financiamento e facilitam o acesso e pagamento de parcelas.

Menos taxas e custos para o seu produto

Diferente dos financiamentos comuns, as taxas de juros e reajustes de parcelas em um consórcio são bem menores. Isso faz com que você tenha uma economia maior ao longo dos anos e pague menos pelo produto e/ou serviço.

Não há pagamento de taxas adicionais

Você saberá exatamente quanto pagar do início ao fim do seu consórcio. Não haverá surpresas ou pagamentos de entrada, taxas adicionais ou qualquer outra. Apenas é cobrada a mensalidade e com o reajuste indicado no contrato.

consorcio3

Você pode dar um lance a qualquer momento

Se no intervalo entre as parcelas você ganhou algum valor que dê para quitar todo o produto financiado ou adiantar parcelas, as administradoras permitem que seja dado um ou mais lances para aquisição do que está em consórcio.

Pessoas com CPF negativado são aceitas em planos de consórcio

A maioria das financiadoras aceitam cadastramento de pessoas com CPF negativado em órgãos de crédito, porém no momento da contemplação você precisará regularizar essas restrições. Consulte a sua administradora e veja essa possibilidade.

***

Agora que você já sabe como funcionam os consórcios, que tal fazer uma cotação online e ver qual o melhor plano para aquele seu sonho que há tempos não sai do papel? Se você ainda tem dúvidas sobre o serviço, pode também entrar em contato com nossa consultoria online e conversar com um de nossos corretores. Deixe também seu comentário e compartilhe sua opinião com a gente!