Veja como trocar seu Carro em prestações leves e SEM JUROS

Veja como trocar seu Carro em prestações leves e SEM JUROS

Ter um carro novo é sempre bom, mas às vezes esse projeto é deixado de lado por questões financeiras. Algumas financiadoras estão cobrando cada vez mais de seus clientes e fica difícil manter uma mensalidade alta e com muitos juros. No final do contrato você tem gasto bem mais do que planejou e com a sensação de que poderia ter investido em um veículo melhor. Mas e se contássemos para você que há como trocar o seu carro por um novo ou seminovo pagando prestações bem leves e com pouquíssimos juros? Os consórcios têm se transformado completamente e facilitado bastante a vida dos consumidores brasileiros. Mostraremos como isso é possível com dicas para você escolher o melhor plano, levando em conta o seu orçamento mensal. Taxas menores: maior vantagem de optar por um consórcio de carro As baixas taxas de juros aplicadas nos planos de consórcios de carro são sempre a maior vantagem em optar por esse tipo de serviço. Muito diferente dos financiamentos, com os consórcios de automóveis você investe praticamente o valor comercial do veículo. Por exemplo, caso queira investir em um carro que custa 50 mil, no final de um financiamento os custos do plano elevarão o valor até os 70 mil reais ou mais. Com o plano certo de um consórcio, você gasta no máximo 5 mil reais a mais do valor do veículo. Outro grande diferencial em se optar por um consórcio de automóvel é o tempo para ter o seu veículo. Geralmente, os financiamentos pedem um parcelamento de até 60 meses, enquanto o consórcio é de apenas 48 meses. Além disso, há possibilidade...
Tudo o que você precisa saber sobre Capitalização

Tudo o que você precisa saber sobre Capitalização

Capitalização é um assunto que mexe com nossas maiores dúvidas em termos de economia doméstica. Mas e se contássemos para você que o tema é muito mais fácil de compreender do que se pode imaginar? O segredo está em justamente usar a prática em vez de só a teoria. Por isso, preparamos esse post com as principais informações sobre capitalização que não podem ser deixadas de lado na hora de contratar o seu título. Tudo isso explicado na melhor e mais prática maneira. Confira. O que é um título de capitalização? A melhor maneira de explicar o que é um título de capitalização, é contar um pouco sobre a sua história. Esse tipo de investimento surgiu em 1850, sendo idealizado por Paulo Viget, diretor de uma pequena cooperativa de mineiros na França. Ele precisava melhorar os recursos da empresa e então criou um grupo de investimentos bastante inteligente para a época. A ideia era que todos aqueles cadastrados na cooperativa investissem mensalmente um valor pré-determinado, levando em conta os seus rendimentos particulares. Isso seria feito durante um tempo também pré-definido. No final daquele prazo, os funcionários resgatavam todo o dinheiro investido. O diferencial estava que, a cada mês um cooperado era sorteado e recebia todo o valor antecipadamente. Até hoje os bancos e instituições financeiras trabalham dessa forma com os títulos de capitalização. Você compra um título nessas empresas e, mensalmente, paga um valor para a instituição. No final do período recebe o valor atualizado e ainda concorre durante esse tempo a prêmios em dinheiro que podem ultrapassar ao total do valor contratado. Tipos de títulos de capitalização Visando...
5 Dicas para planejamento financeiro de Recém-casados

5 Dicas para planejamento financeiro de Recém-casados

Se você acabou de casar ou está com data marcada, sabe que a vida a dois inclui uma série de planejamentos e um deles é o financeiro. Organizar as contas pode parecer mais fácil quando há parceria entre duas pessoas, mas sem a orientação certa, vocês podem acabar acumulando contas e muitas dívidas para o casal, principalmente as que ainda existirão depois da cerimônia. O planejamento financeiro de recém-casados inclui muito mais do que apenas dividir as contas meio a meio. É preciso entender as despesas de cada um e, principalmente, aquelas que existem antes da vida de casado. Organizamos uma lista básica com 5 dicas que ajudarão nesse primeiro momento. Colocando-as em prática, vocês perceberão como dá ainda para guardar um dinheirinho no final do mês para realizar os sonhos conjuntos, por mais que isso pareça impossível. Veja. 1 – Tenha um planejamento familiar completo O planejamento familiar inclui todos os ganhos financeiros, os gastos – independentemente de quem vai pagá-los – e os planos do casal. Mantenha essa planilha a mais atualizada possível e lembre-se de sempre manter esses cálculos com contas do casal. Suas contas pessoais podem ficar em uma planilha separada, que também comentaremos em uma próxima dica. 2 – Tenha o seu planejamento financeiro pessoal Além de manter a planilha do casal, é importante cada um ter a sua planilha de planejamento pessoal. Nesse momento vocês, com certeza, ainda mantêm contas de quando eram solteiros. Nesse caso vale manter um orçamento para cada um até que as contas do casal sejam encaixadas completamente no planejamento da primeira dica. 3 – Os gastos a partir...
7 Dicas para você programar seu futuro e sua aposentadoria

7 Dicas para você programar seu futuro e sua aposentadoria

Todo mundo deseja um futuro tranquilo e seguro. A aposentaria é, por enquanto, a renda mais utilizada por brasileiros para se manterem após alguns anos dedicados a sua profissão. Infelizmente, não são todas as pessoas que se preocupam desde cedo com esse tipo de renda. São, justamente tais brasileiros, que têm mais dificuldade no futuro de manter suas contas em dia e até mesmo viver bem. A estabilidade financeira é possível tendo apenas a sua aposentadoria como renda. Contudo, a organização é o maior segredo. Por esse motivo que queremos conversar com você sobre formas de se programar para o futuro. Mostraremos algumas dicas para você se organizar financeiramente e poder curtir a terceira idade sem dificuldades. Entenda melhor a seguir. 1 – Saiba como quer que seja o seu futuro Qualquer planejamento que você traça precisa de um objetivo. É a partir dele que você saberá o que precisa para concretizar os seus sonhos e viver com mais tranquilidade no futuro. Sendo assim, defina se você quer chegar na terceira idade já com sua casa própria, com carro próprio, quanto quer ter de renda por mês e, por último, quanto tempo e investimento você precisa para garantir isso. Evite assumir qualquer tipo de gasto ou fazer investimentos sem um planejamento eficiente. Nada de ir pelo impulso. Até mesmo saber o momento certo para se aposentar faz muita diferença. Muitas pessoas alcançam o limite de idade permitido por lei, mas continuam prestando serviço às suas empresas apenas para garantirem uma estabilidade maior. 2 – Já é tempo de começar a se planejar para a aposentadoria Jamais pense que a...
7 Dicas para você usar melhor o Cartão de Crédito e não acumular dívidas

7 Dicas para você usar melhor o Cartão de Crédito e não acumular dívidas

Ter um cartão de crédito ajuda bastante nas finanças da casa. É aquele suporte financeiro para realizar compras parceladas em valores que não pesam tanto no orçamento. Também, a saída para aquele dinheiro emergencial no final do mês em que as contas apertaram. Infelizmente, o cartão de crédito também é o grande responsável pelas dívidas da maioria das pessoas negativada nos órgãos de proteção ao crédito. Com um pouco de atenção e cuidado dá para utilizar melhor os seus cartões e ter sempre as contas em dia. Quer saber como? Listamos sete dicas práticas para você! Confira. 1 – Tenha um planejamento financeiro Se você não planeja as suas contas, a probabilidade de ter saldo negativo no final do mês é grande. Isso faz com que dívidas sejam acumuladas de um mês para outro e, automaticamente, alguma deixe de ser paga. Além de falhar com o pagamento da fatura do seu cartão de crédito, o pagamento mínimo, que sempre é disponibilizado pelas administradoras, só aumenta mais as suas dívidas com o banco. Sendo assim, o primeiro passo é ter um planejamento financeiro organizado e criterioso para que suas contas nunca falhem. Dessa forma, será possível utilizar o cartão de crédito com mais tranquilidade e segurança. Uma boa forma de fazer isso é através das planilhas de orçamento que são bem práticas e fáceis de movimentar. Se você não tem um computador ou não quer utilizar esse mecanismo, pode ter um caderno de anotações apenas para essa finalidade. O segredo é simples: você não deve comprometer mais do que 50% do seu salário com contas fixas. A soma dessas com...
Apertado com as contas mensais? Dicas para melhorar suas finanças.

Apertado com as contas mensais? Dicas para melhorar suas finanças.

Manter as contas em dia e o saldo sempre positivo no banco é uma meta difícil para você? Na maioria das vezes, algumas poucas mudanças resolvem o problema. A falta de um planejamento cria um acúmulo de contas mensais e, para ajudá-lo a desafogar das dívidas, preparamos um post com dicas importantes, práticas e eficientes! Confira. Tenha uma reserva de pelo menos 10% do seu salário O ideal para sair das dívidas mais constantes é ter uma reserva financeira para emergência. Você pode guardar 10% do seu salário em uma poupança exclusiva para isso e mexer apenas em casos de extrema necessidade. Se mais de uma pessoa trabalha na casa, faça esse cálculo para cada salário, em vez de um só para todas as rendas. Dessa forma, você terá uma reserva maior e poderá contar com uma poupança mais recheada quando houver emergências. Projete o endividamento É impossível não fazer dívidas todos os meses. O que diferencia uma pessoa com o financeiro em dívida daquela que está apertada com as contas mensais é o planejamento efetivo. Então estabeleça um limite de gastos por mês, colocando-os de acordo com a sua prioridade. O ideal é sempre se perguntar se o que você gastará é necessidade ou vontade. Se for uma vontade, deixe para um momento onde suas contas estiverem mais controladas. Por enquanto, procure gastar o seu salário apenas com o que você precisa de fato. Pense antes de usar o cartão de crédito e comprar parcelado O cartão de crédito é um dos maiores responsáveis pelo endividamento de pessoas no mundo inteiro. É comum ver pessoas comprando em lojas...