8 Dicas importantes para não errar na hora de Escolher o melhor Seguro de Viagem

8 Dicas importantes para não errar na hora de Escolher o melhor Seguro de Viagem

Se você decidiu fazer uma viagem internacional descobrirá logo que os seguros são itens importantes e até mesmo indispensáveis dependendo do destino. Você será informado de que precisa contratar uma seguradora, que o país tal cobra determinado seguro, mas sempre fica algumas questões sem explicação. Existem algumas dicas que facilitam bastante a vida de qualquer viajante. Listamos 8 dessas que ajudarão a desmistificar de vez os Seguros de Viagem e farão você escolher o melhor plano, sem erro! Confira. 1 – Afinal, é obrigatório ou não? Todo mundo fala que o Seguro de Viagem é importante e obrigatório. Legalmente, somente alguns países barram de fato a entrada de turista que não apresenta um plano de seguro viagem. Isso também não significa que aquelas nações com as “portas abertas” dispense o plano e garanta a saúde de seus visitantes. Explicando melhor: se você viaja para a Europa, por exemplo, entre os países que assinaram o Acordo de Schengen*, precisará de um seguro mínimo de 30 mil euros. Sem essa comprovação na entrada, você pode voltar para o Brasil sem conhecer os lugares que tanto sonhou. Já para os Estados Unidos você não é barrado. Vai curtir tranquilamente seus dias na terra do Tio Sam, mas se algo acontecer, você corre um sério risco de ficar sem atendimento. Aquela ideia de que fora do Brasil o sistema público de saúde é um sonho, não é bem uma verdade. Usando ainda o exemplo das terras norte-americanas, somente uma pequena parcela de cidadãos tem o direito ao atendimento em hospitais do governo sem cobrança nenhuma. Se você precisar de uma consulta porque amanheceu...